Montando seu primeiro aquario

Montando seu primeiro aquario

Montar um aquário e um dos maiores prazeres que existem,pode dar trabalho,mas compensa pois se bem planejado e executado o resultado e maravilhoso .
Introdução Quando falamos aquário de Ciclideos Africanos, pode-se imaginar os mais variados aquários possíveis, pois não estamos falando apenas de peixes dos grandes lagos do Rift Valley, isso envolve também peixes oriundos dos rios de toda África ocidental, de outros lagos como o Barombi mbo e os Ciclídeos da ilha de Madagascar. Esses aquários podem ter os mais variados parâmetros que se pode imaginar, desde águas negras com pH de 5,5 a água salobra com ph acima de 8,6. Vamos tentar dar uma pequena idéia de como montar esses tipod de aquários , mais isso não descarta uma pesquisa mais ampla por parte dos aquaristas. Tipos de aquários Aquários para peixes dos grandes lagos do Rift Valley E um erro imaginar que todos aquários para Ciclideos dos grandes lagos orientais são iguais, mesmo para um mesmo lago pode-se montar varias configurações dependendo das espécies envolvidas, esses aquários se dividem da seguinte forma:
Malawi Mbunas: Aquários para o grupo Mbuna, peixes que habitam regiões rochosas e precisam de tocas para abrigo e demarcação de territórios Para Haplocromideos do lago Malawi, esse tipo de aquário não nescessita de muitas rochas , pois são para peixes de águas mais abertas, somente algumas rochas para refugio em caso de brigas Aquário com os três grupos de peixes existentes no lago Malawi (Mbunas, Haps e aulonocaras Tanganika espécies: aquario para peixes morradores de conchas Aquario comunitario de Ciclídeos Africanos: Aquários com espécies dos 2 ou três lagos juntas (essa mistura deve ser bem planejada , pois dependendo das espécies envolvidas podem ocorrer muitas brigas, e pouco aconselhavel para iniciantes. Montagem A primeira coisa e definir o tipo de aquário e quais espécies vão habita-lo, para poder se ter a idéia do tamanho e equipamento nescessario. Uma regra geralmente e usada como referencia , 2 litros de água para cada centímetro de peixe , deve ser levado em consideração o tamanho que o peixe vai atingir na fase adulta, pois contrario do que muitos pensam o peixe não cresce conforme o tamanho do aquário, os Ciclídeos Africanos tem um crescimento rápido e em 4 meses dobram de tamanho, se mal planejado você terá que trocar de aquário por causa do tamanho dos peixes e continuas brigas que resultam com a perda de animais. Tamanho do aquario O ideal e que você compre o maior aquário que tiver condições, mas sempre acima de 100 litros , com um aquário maior fica mais fácil de se manter os parâmetros da água ,que e fundamental em todo tipo de aquário. Equipamentos básicos São os mesmos que os dos outros tipos de aquários, termostatos com aquecedor para manter a temperatura constante mesmo no inverno, termômetro para monitorar a temperatura, testes de pH, gH e kH , condicionadores de água para remover o cloro da água, etc
Filtros A coisa mais importante nos filtros para aquários de Ciclideos Africanos e a vazão de água, essa deve ser no mínimo de seis vezes o volume do aquário por hora. Deve fazer as três funções de filtragem, química, biológica e mecânica. O carvão ativado, perlon ou modulo de filtragem mecânica devem ser trocados a cada 20 dias. Podemos usar os mais variados tipos de filtro, como os externos do tipo aquaclear ou millenium, filtros canisters que são muito eficientes, fbm (filtro biológico modular) filtro interno com três módulos de filtragem, são conhecidos também como filtros de cantos, são movidos por uma bomba submersa comum, e sistemas mais avançados como dry-wet ou ugj (under gravel jets). Fora isso temos soluções caseiras que funciona muito bem.














A primeira coisa ser feita e a escolha do local para montagem ,deve ser uma superfície plana e firme,que suporte o peso de um aquário montado,cada litro de água tem o peso de um kilo,isso somando substrato e rochas pode fazer um aquário de 100 litros pese ate 160 kilo.o aquário deve ser apoiado sobre uma placa de isopor de no mínimo 2,5 centímetros,para proteger o fundo de possíveis trincas por dilatação com o peso.















caso você for usar pedras grandes ou uma grande quantidade de rochas, e conveniente o uso de placas de isopor sob as mesmas para proteger o fundo, os ciclideos africanos costumam escavar por baixo das rochas e essas podem ceder e atingir o fundo.

































apos a escolha do substrato ( leia dicas sobre substrato), ele deve ser muito bem lavado ,para retirar o pó fino que o recobre ,pois o mesmo turvaria a água do aquário, e toda vez que remexido pelos peixes a água tornaria-se turva.














escolhendo as rochas, quase qualquer tipo de rocha pode ser usada, mas de preferência por rochas tipo paralelepípedo quebrado estas dão um visual mais natural ao aquário, mas outros tipos podem ser usadas isso vai do gosto pessoal de cada um.














as pedras também devem ser lavadas principalmente se coletadas direto na natureza .
















montando o layout, o layout e uma coisa muito pessoal cada pessoa tem um gosto,essa montagem segue a filosofia do nature ,onde reproduz o biotopo de origem dos peixes.nela foram usados areia de aragonita e rochas dispostas como encosta do lago Malawi, essa disposição das rochas e triangular.















apos o teste do layout e instalação dos filtros e só começar a encher o aquário.















instalar o equipamento de aquecimento e iluminação.

















e esta pronto o seu aquário, agora e só deixá-lo ciclando por um período de 30 dias antes de colocar os peixes .


















agora e só curtir o visual de sua montagem

















montagem e fotos Rodrigo Pinho C.M.C.A. - Porto Alegre - R. S.

Jose Antoni/ez - 2003

Melhor se visto em 1024x768

Ezstyle -Bruno Galhardi -2003- 2007

Copyright © 2003-2007 C.M.C.A

Todos os direitos reservados.

Todas as ilustrações e textos desta página são propriedade de seus respectivos autores

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Reproduzindo Aulonocaras

Qual o Tamanho ideal do aquário?

O ciclo do Nitrogênio