Hibridização e seleção artificial

Hibridização e seleção artificial


É muito comum as pessoas confundirem híbridos com peixes criados por seleção artificial,um exemplo disso é a confusão que se fazem com a espécie Labidochromis caeruleus , quando se cruza a variedade amarela com a branca o resultado são híbridos?
Não, temos duas possibilidades: nascer peixes amarelos e peixes brancos ou amarelos de cor diluída,porem sempre vão ser da mesma espécie ou seja Labidochromis caeruleus .

Híbridos

Os híbridos são totalmente diferentes das espécies que lhe deram origem:
Ex: os peixes papagaios através da mistura de várias espécies do gênero Amphilophus.
Ou  red texas a mistura de peixes do gênero Amphilophus com peixes do gênero Herichthys.
Isso é muito controverso e para alguns aquaristas antiético,algumas espécies se tornaram muito populares como os flowerhorns , a declínio desses peixes ,já que não podem ser chamados de espécie foi em 2004, o resultado foi a introdução dessas criaturas em diversos rios e canais da Malásia e  Singapura..

Seleção artificial

Alguns peixes não são em nada parecido com seus ancestrais selvagens,não temos  Bettas vermelhos,roxos,azuis ou verde brilhantes e com longas nadadeiras na natureza, nem Guppys com caudas e cores tão desenvolvidas ou Discus azuis sólidos.
Todos esses peixes foram obtidos por cruzamento seletivo, o cruzamento seletivo tem como objetivo fixar características desejáveis aos animais, como cor mais forte,nadadeiras mais longas.
Um bom exemplo é o Aulonocara super red , nada mas é que fruto de cruzamento seletivo,em uma ninhada sempre aparecem machos mais coloridos, o cruzamento deles resultam em peixes com essas características, e buscando sempre em reproduzir os com melhor dessas características , e chegaremos a peixes com colorido intenso.
Porem é uma espécie ,Aulonocara jacobfreibergi porem da variedade super  red, sem nada de hibridização.

A confusão dos nomes comerciais 

Muitos termos usados pelo comercio confundem mais ainda o consumidor neófito.
Vamos ver alguns exemplos:
Altolamprologus calvus Kipili “zebra F0
Isso significa que o gênero é Altolamprologus ,da espécie calvus ,Kipili indica o ponto de coleta no lago Tanganika , zebra porque essa variedade é listrada no lugar das linhas pontilhadas e F zero porque é um peixe selvagem  ou seja coletado.
Lamprologus ocellatus gold F1
Isso significa que o gênero é Lamprologus, da espécie ocellatus,gold da variedade dourada,o normal é ser azul,F um porque é a primeira geração criada em aquário vindo de pais selvagens.
Ou seja o que realmente vale é o nome cientifico, o nome comercial só serve para identificar a variedade da espécie.
Outros fatores que alguns também chamam de híbridos por falta de informação são as mutações como o albinismo e o lutinismo.
A seleção artificial as vezes leva a degeneração de algumas espécies ,por sucessivos cruzamentos consangüíneos,produzem peixes inférteis ou pouco resistentes por problemas de saúde. 

ezstyle2009
Copyright © 2003-2011C.M.C.A
Todos os direitos reservados.
Todas as ilustrações e textos desta página são propriedade de seus respectivos autores

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Qual o Tamanho ideal do aquário?

Reproduzindo Aulonocaras

Escolhendo a fauna(Mbunas): Coloração das espécies!