Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2011

Ecos

Imagem
 Ecos



CMCA Aquarismo e Responsabilidade e Consciência





 A água e uma preocupação mundial a sua escassez preocupa a população mundial , a poluição e mau uso dos recursos naturais e outros assuntos ambientais são temas que aqui também discutiremos, aquarismo com responsabilidade.

O Aquarista antes de tudo é um amante da natureza,e quem ama protege.
Desde seu inicio o CMCA tem a preocupação de alertar os seus membros sobre o uso de materiais retirados de forma predatória da natureza,
materiais retirados de forma predatória da natureza.
esses materiais levam muitos anos para se formar e mais tempo inda para se renovar.
Nessa seção trataremos de forma simples sobre os mais diversos assuntos,e mostraremos noticias e curiosidades sobre biodiversidade e conservação.




Milhares de animais morrem todos osanos
Vitimas de atrocidades de criadores
Inescrupulosos , esse só visam
Lucros e por ele matam e mutilam
Milhares de animais com praticas cruéis
leia mais a respeito aqui.....


Libertar peixes o…

Rochas Vivas Brasileiras no Aquarismo e Mais...

Rochas Vivas Brasileiras no Aquarismo e Mais...
Rochas vivas demoram anos e anos para serem formadas e são constituídas em sua maioria de esqueletos de corais, hidrocorais e algas coralinas, dentre outras matérias originárias de diferentes tipos de organismos como protozoários com carapaça, hidrozoários coralinos, octocorais, esponjas e moluscos. No Brasil os recifes são basicamente formados por hidrocorais e algas, sendo que o papel dos corais duros nessa formação é normalmente em menor atividade. A formação dessas rochas nos recifes de corais são dependentes da quantidade de organismos calcificantes e de rapidez de crescimento desses organismos, variando assim de recife para recife. Locais onde existem organismos de crescimento acelerado irão produzir mais rochas vivas do que outros que apresentam crescimento retardado. Essa produção é responsável e diretamente ligada ao crescimento do recife. Corais duros brasileiros são notáveis pelo seu crescimento lento, ao contrário…

Tropheus - (introdução)

Imagem
Tropheus  - (introdução)



Venerado por centena de aquaristas os Tropheus do lago Tanganika ,são jóias raras da natureza,e comum se dizer que existem 6 espécies de Tropheus, mas realmente classificadas são apenas 4, annectens,moori,duboise e bichardi, as outras espécies são o sp black  e sp kaiser aguardando uma classificação oficial, todas possuem dezenas de variantes, que geralmente são batizadas com o nome da localidade onde foram descobertas ou pelo padrão de cor.


Os Tropheus são peixes comuns no lago Tanganika e estão distribuídos por toda a costa do lago, em áreas rochosas, abaixo de 15 metros de profundidade, tem muito em comum com os Pseudotropheus do lago Malawi, são agressivos e territoriais e vivem em grandes grupos de ate mais de 50 indivíduos,são herbívoros e eventualmente se alimentam de alguns pequenosmoluscos.


O aquário



Em aquários a sua alimentação deve ser 100% vegetal , pois e a espécie com maior índice de Malawi Bloat conhecida,não são peixes para aquários …

Anatomia

Anatomia

Stress em Ca´s

Stress.......

O stress é provavelmente uma das maiores razões pela perda de peixes no hobby,o stress provoca queda de imunidade deixando a porta aberta para doenças .
Os peixes são facilmente vitimas de infecções e parasitas,o animal perde a vitalidade,se isola dos demais,deixa de se alimentar,respiração ofegante e dentro de alguns dias já esta morto,as famosas MMP´s *,com algumas atitudes básicas entre os aquaristas,podemos diminuir em muito o stress de nossos animais, vamos ver isso na pratica:
Variações bruscas:
TemperaturaA simples queda brusca de temperatura em 5 graus centígrados para uma possível infestação de Ictio, ou a elevação de temperatura acima dos 31 graus faz com que  a taxa de oxigênio caia drasticamente, o uso de bons termostatos com aquecedor e o uso de coolers ou chillers para manter a temperatura constante sem variações bruscas, e lógico ter o bom habito de checar a temperatura do aquário, já inúmeros aquários desprovidos de termômetros.
pHAs mudanças rápid…
Extinção de espécies de água doce atinge níveis alarmantes, dizem cientistas
Cientistas alertaram que a extinção de espécies de água doce atingiu níveis alarmantes, tornando os animais destes ecossistemas os mais ameaçados do mundo.
Peixes, sapos, tartarugas e crocodilos que vivem em rios, lagoas e mangues estão desaparecendo em um ritmo entre quatro e seis vezes mais acelerado que as espécies terrestres ou marinhas, segundo especialistas internacionais que se reúnem a partir desta terça-feira (13), na Cidade do Cabo, na África do Sul, para a Conferência do programa Diversitas sobre biodiversidade.

"Há evidências científicas claras e crescentes de que estamos à beira de enorme crise de biodiversidade em água doce. No entanto, poucos sabem do catastrófico declínio em biodiversidade em água doce tanto em escala local como global", disse Klement Tockner, do Instituto Leibniz de Berlim.
Segundo ele, as implicações disso para a humanidade são "imensas", porq…

Qual o Tamanho ideal do aquário?

Qual o Tamanho ideal do aquário? ? Qual aquário serve para meu peixe?

Estimar o tamanho do aquário que precisamos para um peixe em particular que queremos comprar é sempre um trabalho sofrido. Algumas regras aplicadas são difíceis de interpretar e usar. A mais conhecida é a de “um litro de água por centímetro de peixe” regra que, em nossa opinião, é inútil – ela é aplicada a um limitado número de pequenas espécies e aquários que nós consideraremos como não aplicável (ou não recomendável) para a maioria dos casos. A indicação que mostra a impraticabilidade desta regra é “Vinte tetras-neon, cada um medindo 1,5cm podem viver em um aquário de 20 litros, mas um peixe de 30cm não poderá”. Além disso, essa regra não leva em conta nada mais do que o tamanho do peixe o que é apenas um dos fatores que devem ser examinados quando se planeja ter um peixe em particular. Nós mesmos duvidamos se esse é o fator mais importante a considerar. Tentaremos achar outras formas de fazer cálculos q…