Lago Vitoria um gigante doente

Lago Vitoria um gigante doente

A historia recente do lago Vitória e uma prova de que os recursos naturais quando mal utilizados , causam grandes prejuízos a população local, o lago Vitória sofreu nos últimos anos uma serie de degradações, a introdução de espécies exóticas e a poluição por agrotoxiocos e o açoreamento de suas margens , causou a maciça diminuição das espécies nativas, algumas já encontram-se extintas na natureza , sendo mantidas em cativeiro por cientistas e aquaristas dedicados. A perda de oxigênio no lago por concequencia da poluição, tornou a água turva e em conseqüência houve o aumento de hibridações entre os Haplochromideos do lago.
Historia
Em 1858 o explorador Britânico John Speke encontrou a costa sul do lago e proclamou ter descoberto a fonte do Nilo,em 1874 Henry Stanley circundou o lago par comprovar a veracidade da descoberta, em 20 anos já os Ingleses já haviam explorado o que hoje e o Kenya e Uganda.em concsequencia diversos aventureiros resolveram se estabelecer na região .
Em 1902 o governo colonial já havia enviado pela estrada de ferro Mombasa milhares de pessoas para a região, grandes áreas em torno do lago foram derrubadas e em seu lugar sugiram palntações de chá ,café,tabaco,cana de açúcar e algodão.
A população aumentou em proporções monstruosas e a demanda por peixes do lago aumentou muito.e os pescadores dizimavam a população do lago pescando adultos e também os juvenis.
A primeira introdução de exóticos foi feita por oficiais Britânicos , a Tilapia do Nilo (Oreochromis niloticus) por volta de 1955 foi introduzido o pior predador das espécies do lago , a Perca do Nilo, em 1955 a população de Haplochromideos estava 80% intacta. Com a multiplicação dos predadores e o aumento da poluição em 1990, 1% das espécies já era consideradas extintas e a população de Haplochromideos já estava inferior a 60%.
Com a morte do plâncton do lago a poluição explodiu em algas azuis e marrons começando a diminuir cada vez mais a taxa de oxigênio da água e a contaminação por mercúrio dos canais abertos para mineração também contribuem para complicar cada vez mais a situação.
O prejuízo não foi so para os peixes do lago , mas também para a população local , pois o aumento de doenças na região aumentou muito com a poluição do lago, as águas do Vitória e usada para irrigação e polui as lavouras com mercúrio e outros metais pesados.
Tentativa de recuperação
A primeira porvidencia tomada pelos governos locais foi o fechamento dos canais contaminados com mercúrio, e procuram diminuir as atividades agrícolas e industrias nas regiões próximas ao lagos, e finalmente também diminuindo a retirada de água para irrigação.
O futuro
O futuro? Ele e incerto, mas centenas de cientistas, ambientalista e voluntários estudam soluções para o problema do lago Vitória, diversas Ongs se empenham em levantar fundos e tentar salvar a biodiversidade desse gigante doente.

Baseado nos arquivos do WWF

tradução e compilação ezstyle -2004

Melhor se visto em 1024x768

Ezstyle -Bruno Galhardi -2003- 2006

Copyright © 2003-2006 C.M.C.A

Todos os direitos reservados.

Todas as ilustrações e textos desta página são propriedade de seus respectivos autores

Comentários

Unknown disse…
Enquanto os governos dos 3 países circundantes (Quenia, Uganda e Tanzania) não se mobilizarem, criando programas de Educação Ambiental em toda população... fiscalizando ligações clandestinas de esgotos e obrigando que haja o tratamento do mesmo antes do despejo, não haverá melhorias. Portanto deve-se investir muito em Educação Ambiental e fiscalização, bem como políticas públicas para punir quem desrespeitar as leis e despejar esgoto in natura. Se isso não for feito, não adianta arrecadar fundos, envolver uma centena de ONGs, nem nada. A mudança tem que ser feita na consciencia do povo. Só.

Ricardo Trevisan
Engº Ambiental
Brasil.
assoreamento né amigo
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Também assoreamento,mas na época os pesticidas e a introdução de exóticos foram as maiores degradações

Postagens mais visitadas deste blog

Reproduzindo Aulonocaras

Qual o Tamanho ideal do aquário?

O ciclo do Nitrogênio