Algas - uma longa batalha

Algas - uma longa batalha
Introdução
As algas são o tormento de alguns aquaristas, cobrem pedras,vidros,substratos deixando o aquário com aparência suja, muitas vezes com métodos simples e possível amenizar o problema , em alguns casos e preciso desmontar todo o aquário e reiniciar do zero.
































O que podemos fazer para não chegar a esse estagio? Conhecer como e porque elas surgem.

Tipos de algas
Algas-azuis-verdes:
Surgem por todo o aquário espalhando-se rapidamente , podem matar plantas por sufocamento,tem cheiro forte e indicam má qualidade de água.
Na realidade são cianobacterias, podem ser removidas mecanicamente mas e uma solução paleativa.
Tratamento:
Eritromicina 200 mg para cada 40 litros de água, esse tratamento e de risco pois afeta a filtragem biológica , os parâmetros amônia e nitrito devem ser monitorados.
Algas marrons:
Quando aparecem e praticamente 100% de chances que estejam realcionadas a falta de iluminação, a segunda hipótese seria excesso de silicatos na água , geralmente são algas diatomáceas.
Tratamento :
Aumento do fotoperiodo e remoção mecânica das algas,lâmpadas velhas diminuem a intensidade luminosa e a luz não penetra mais ate as camadas mais profundas no aquário , as lâmpadas devem ser trocadas a cada 6 meses.
Algas filamentosas:
Podem atingir mais de 20 centimetros, alguns aquaristas as mantem por serem fonte de alimentação e deixarem a aparência do aquário mais natural e próxima aos grandes lagos.
Tratamento:
Remover com raspador de algas e aumento de trocas parciais , e a alga que menos prejudica o aquário
Algas verdes:
São algas unicelulares que se reproduzem em grande velocidade, podem tornar o aquário totalmente esverdeado.geralmente e causado pelo excesso de luz.
Tratamento:
Diminuição do fotoperiodo ou outra fonte de iluminação (sol , luz em excesso de uma janela), o uso de filtro U.V. também e muito eficaz.
Alguma causas
Acumulo de matéria orgânica , essa gera nitrogenados que alimentam as algas , pode acontecer por filtragem deficiente , substrato de granulometria alta , a substrato grosso retem mais sujeira que os sugar size.
Falta de trocas parciais freqüentes ou em pouca quantidade , as trocas de água eliminam toxinas e nitratos da água.
Fosfato pode ser introduzido pela água das trocas parciais ou por carvão de má qualidade.
Excesso de luz para maiores detalhes sobre iluminação consulte o artigo iluminação.
Aliados
-Peixes comedores de algas como cascudos e comedores de algas imperial
-Ampularias
-filtros U.V.
-reatores de oxigênio
Eliminando algas com Peróxido de Hidrogênio (água oxigenada)

Em alguns casos podemos usar a água oxigenada para reduzir algas, a água oxigenada de 10 volumes pode ser aplicada diretamente sobre os focos de algas com o auxilio de uma seringa de injeção sem agulha.


























foco de algas apos a aplicação do Peroxido , as algas tornam-se mais claras e em seguidas morrem , geralmente elas não voltam a nascer nesses pontos, algumas plantas são senciveis a esse tratamento.
ezstyle -2004

Melhor se visto em 1024x768

Ezstyle -Bruno Galhardi -2003- 2007

Copyright © 2003-2007 C.M.C.A

Todos os direitos reservados.
Todas as ilustrações e textos desta página são propriedade de seus respectivos autores

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Qual o Tamanho ideal do aquário?

Reproduzindo Aulonocaras

Escolhendo a fauna(Mbunas): Coloração das espécies!